Turma da Mônica Jovem
Caso você não visualize as animações corretamente, clique aqui para fazer o download do plugin do Flash.
Novo site
Publicidade
OK
Twitter Twitter YouTube YouTube
Fala, Mauricio

Um Dia de Agito


Edição 20





Há uma brincadeira que se faz em todos os estúdios produtores de quadrinhos do mundo: a inserção, no meio do roteiro, de figuras secundárias baseadas em personalidades, nos amigos, nos colegas, nos diretores, no dono da firma, em personagens de outros autores, etc. Mais ou menos o que o alfred Hitchcock fazia, aparecendo em pontas dos seus próprios filmes de suspense. Ou o que o Stan Lee anda fazendo nos filmes de super-heróis da marvel. Pois no roteiro deste número, escrito pelo Flávio Teixeira, há algumas dessas "brincadeiras" que de algum modo pretendem homenagear personalidades conhecidas ou amigos e colegas. Para o pessoal do estúdio, é uma brincadeira, tipo "Onde está o Wally", buscar as figuras "homenageadas".

Para o leitor, às vezes sem o conhecimento dessas artes, muita coisa passa batida. Estou falando do assunto mais para passar um costume nosso, de dentro do estúdio. Pra você ter uma ideia, nesta edição "homenageamos" o Osamu Tezuka, mestre dos mangás, o roteirista de cinema e quadrinhos Kevin Smith, o Dik Browne (Hagar), o Paulo Back (nosso roteirista), o Roberto (que se auto-homenageia, já que é um dos ilustradores da história), o próprio roteirista Flávio Teixeira, o René Goscinny e o Albert Uderzo (Asterix), o Will Eisner (Spirit), o Sidney Gusman (nosso planejador editorial, na história, dono da gibiteria), a Silvia Back, mulher do Paulo, e seus inúmeros bebecos (gatinhos), o George Lucas (produtor de cinema) e, de leve, um ou outro funcionário do estúdio. Os leitores podem até achar que isso não tem nada a ver com a trama, com o roteiro, que passa batido para a maioria, mas... eu tenho outra opinião. Esse tipo de exercício do roteirista enriquece de realidade nossas histórias. Dá mais colorido ao painel de emoções e visões que a narrativa deve apresentar para ser mais atraente, mais próxima do ser humano leitor. Enfeita e humaniza a história. Então, com jeito e cuidado, continuemos com essas brincadeiras. No futuro, elas contarão detalhes de como e por que muita coisa acontece. Na história e na vida real. No roteiro e no entorno dos artistas.


© 2015 - Mauricio de Sousa e Mauricio de Sousa Produções LTDA. - Todos os direitos reservados.
Este site é um instrumento de divulgação das revistas publicadas pela Editora Panini no Brasil, sob licença da Mauricio de Sousa Produções.

Assinatura - Mauricio de Sousa

Panini Comics

Planet Mangá

ContentStuff - Soluções Inovadoras para o Mercado Editorial